27/09/2011

Algodão: Cuidado e planejamento são necessários em virtude da expansão da área

MAIS DO MESMO: Mal acabou a colheita do algodão e os trabalhos para o início do novo plantio para a safra 2011/12 começam a serem feitos. Aproveitando o período de estiagem o produtor começa a corrigir e melhorar a situação do solo onde estavam presentes as plantas. Como o mercado do algodão no início do ano se mostrou com cotações elevadas e, com isso, muitos contratos foram negociados para 2011/12 e até anos posteriores, as áreas, mesmo com o cenário do mercado atual baixista, tendem a se elevar para essa próxima safra. Os primeiros indicativos de safra apontam avanço de área próximo dos 10% para o produto de 1ª safra, 9% para o de 2ª safra em plantio com espaçamento convencional e 6% para o adensado. As áreas provavelmente serão aumentadas em regiões nas quais os produtores detêm estrutura agrícola que permite esse incremento. Como esta safra foi menos problemática do que se previa antes do plantio, mas, mesmo assim, atrasos resultantes do clima desfavorável e excesso de produto para beneficiamento ocorreram, uma safra futura maior ainda precisará de maior cuidado e planejamento, tanto para conseguir plantar no período apto para a cultura, quanto para a estrutura da cadeia.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.
Fonte: Imea

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482