Publicação "Na Rota" alerta para a importância do transporte adequado de algodão
09/10/2018

Publicação "Na Rota" alerta para a importância do transporte adequado de algodão

A importância do transporte adequado do algodão e da limpeza de veículos e pistas para a sustentabilidade da cotonicultura mato-grossense foi tema de reportagem de "Na Rota", publicação mensal da Concessionária Rota do Oeste, empresa responsável pela administração da rodovia BR-163.

Elaborada pela assessoria de imprensa da Rota do Oeste, a matéria é um alerta sobre os riscos do transporte inadequado para a proliferação de pragas como o bicudo-do-algodoeiro.

Thiago Augusto Tunes, coordenador de Defesa Sanitária Vegetal do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT), afirma que o envelopamento da carga de algodão é essencial para evitar que caroços do algodão fiquem nos veículos após a descarga ou que caiam na pista durante o período de escoamento da safra algodoeira.

Outro cuidado necessário é evitar o deslocamento de ar dentro dos fardos de algodão, protegendo a carga com o uso de lonas teladas com grade.

A limpeza da rodovia, realizada pela Rota do Oeste ao longo dos 850,9 km da BR-163 sob concessão da empresa, também é uma medida importante para evitar a proliferação de pragas. O corte da vegetação às margens da via e a limpeza da faixa de domínio são realizados pela equipe de conversa nos trechos de escoamento do algodão.

A publicação alerta ainda para a multa a ser aplicada pelo Indea-MT em caso de transporte inadequado de algodão.

fonte: Assessoria de Imprensa da Ampa

foto: Acervo IMAmt

 

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482