Nematoides e mancha de ramulária serão temas de Dia de Campo, no dia 6
26/06/2018

Nematoides e mancha de ramulária serão temas de Dia de Campo, no dia 6

Dois dos principais problemas fitossanitários enfrentados pelos produtores de algodão mato-grossenses serão os temas da Estação 3, no Dia de Campo do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt): a incidência de nematoides e da mancha de ramulária.

No próximo dia 6 (sexta-feira), os fitopatologistas do IMAmt Rafael Galbieri e Tamiris Rêgo, e os técnicos Savio Lopes e Zeani Veloso estarão aguardando produtores, técnicos e outros profissionais envolvidos com a cotonicultura, no Centro de  Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Centro, em Campo Verde, a partir de 7h30.

Segundo Galbieri, na oportunidade será abordada a situação atual dos patógenos responsáveis pela incidência de nematoides e da mancha de ramulária, envolvendo aspectos de variabilidade e manejo integrado dessas doenças no algodoeiro.

Na Estação 3, também serão apresentados trabalhos do IMAmt focados na bioprospecção e produção de diferentes microrganismos benéficos para serem utilizados pelos produtores em Mato Grosso.

"A proposta é o desenvolvimento de trabalhos e produtos focando o manejo integrado de problemas fitossanitários na produção de algodão em clima tropical, associando eficiência agronômica e sustentabilidade econômica e ambiental", informa o pesquisador. 

 

Outras estações - O Dia de Campo do IMAmt terá outras quatro estações. Na Estação 1, o pesquisador melhorista Jean Belot e Marcio de Souza, coordenador de Pesquisas e Difusão de Tecnologias do IMAmt, falarão sobre as variedades do IMAmt, junto com Ueverton Rizzi, agrônomo da Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Agronegócio (Comdeagro).

Na Estação 2, Jacob Netto, Guilherme Rolim e Walter Jorge abordarão as principais pragas do algodoeiro.  Manejo de plantas daninhas e destruição de soqueiras serão os assuntos explorados na Estação 4, sob o comando dos pesquisadores Edson Andrade Junior, do IMAmt, Anderson Cavenaghi, do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag) e Sebastião Carneiro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Na Estação 5, novas tecnologias serão apresentadas ao público pela Embrapa Instrumentação (unidade da Empresas Brasileira de Pesquisa Agropecuária de São Carlos – SP), e pelas empresas Netafim e FarmersEdge.

 

Serviço

O que: Dia de Campo IMAmt

Quando: 6 de julho (sexta-feira), a partir de 7h30

Onde: Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Centro Ampa/IMAmt, na BR-070, sentido Campo Verde a Primavera do Leste, Km 365 (virar à direita 80 m após a saída de Campo Verde)

Fonte: Assessoria de Comunicação da Ampa

Fotos: Acervo IMAmt

 

 

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482