11º Congresso Brasileiro do Algodão premia melhores trabalhos científicos
04/09/2017

11º Congresso Brasileiro do Algodão premia melhores trabalhos científicos

Os trabalhos científicos publicados no 11º Congresso Brasileiro do Algodão foram premiados pela comissão julgadora no encerramento do evento (dia 1º de setembro).

A entrega dos prêmios (certificado e um notebook) foi feita pelo presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Alindo Moura, pelo presidente do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA), Haroldo Cunha, pelo chefe da Embrapa Algodão, Sebastião Barbosa e pelo coordenador da comissão cientifica do 11º CBA, Eleusio Freire. 

Confira os trabalhos premiados e seus respectivos autores:

Categoria Estudante

1º lugar: Aline Fabris com o trabalho “Diagnóstico da ocorrência de fitonematoides associados à cultura do algodoeiro no Oeste da Bahia safra 2016/2017”.

Categoria Profissional

1º lugar: Pedro Martins Soares com o trabalho “Primeira ocorrência de uma nova doença ‘superbrotação e redução na reprodução do algodoeiro’ causada pelo nematoide de partes aéreas Aphelenchoides besseyi”.

2º lugar: Alexandre Cunha com o trabalho “Estoque de carbono no solo em sistemas de produção de algodão para mitigação das mudanças climáticas”

3º lugar: Edivaldo Cia pelo trabalho “Reação de genótipos de algodoeiro à murcha de fusarium e nematoides em condições de campo, safra 2016/17”.

Fonte: Assessoria Abrapa/CBA

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482