Sérgio De Marco é homenageado em reunião da Câmara Setorial do Algodão
18/07/2017

Sérgio De Marco é homenageado em reunião da Câmara Setorial do Algodão

Uma solenidade em homenagem ao assessor especial do Ministério da Agricultura, na gestão do ministro Blairo Maggi, Sérgio De Marco, encerrou a pauta da reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão e Derivados, durante o XVI Anea Cotton Dinner, realizado no Malai Manso Resort, em Mato Grosso, entre os dias 14 e 16 de julho.

Sérgio De Marco, que deixou recentemente o cargo, é ex-presidente da Abrapa e da Ampa, membro do Conselho Consultivo das duas entidades, e primeiro presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão e Derivados, tendo ficado à frente do órgão por 10 anos. Ele recebeu o reconhecimento dos membros pela sua histórica atuação na cotonicultura brasileira, com ações que se reverteram em benefícios para o agronegócio do país, em especial, para o algodão. De Marco recebeu das mãos do presidente da Abrapa e da Câmara Setorial, Arlindo de Azevedo Moura, uma placa pelo mérito na "construção de uma nova história para o país", que agradecia o tempo dedicado pelo assessor especial à vida pública e às questões ligadas ao agro.

"Fui conhecer, à essa altura da vida, o serviço público. Começávamos o dia com o ministro Blairo Maggi às oito da manhã, tratando de café, cacau, biodiesel, fumo e soja. Às oito da noite, ainda estávamos falando de juros, vendas de máquinas agrícolas e, sempre, de algodão", lembrou De Marco, enfatizando a capacidade e eficiência do ministro à frente da pasta. "Somos amigos há 30 anos, mas nunca havíamos tido tanta convivência como agora. Sou testemunha da sua competência e preparo", disse.

A posição estratégica da Câmara Setorial também foi ressaltada pelo homenageado. "Posso dizer que nenhuma decisão governamental que impacte o setor algodoeiro acontece sem consulta prévia a essa câmara. E isso se repete nas 39 Câmaras Setoriais do Ministério", disse o ex-presidente, que destacou o estreitamento entre as demandas do setor e as políticas públicas, com a intermediação da Câmara. "E, dentre todas as outras, a Câmara Setorial do Algodão é uma referência", afirmou.

Sérgio De Marco ressaltou a importância das pessoas que contribuíram, dentro e fora do Governo, para o seu trabalho, e, direta ou indiretamente, para o bem do país. Do Mapa, frisou o papel e a dedicação do coordenador geral de Fibras, Oleaginosas e Borracha, José Maria dos Anjos, do diretor do Departamento de Comercialização e Abastecimento, Sávio Rafael Pereira, e, em especial, do secretário de Política Agrícola, Neri Geller. Da iniciativa privada, ressaltou o trabalho do diretor executivo da Abrapa, Marcio Portocarrero, assim como do diretor executivo da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Décio Tocantins.

Sobre a aposentadoria, Marco pontuou que não será um retiro decisivo. "Vou dedicar mais tempo à minha família, aos meus quatro netos e à nossa qualidade de vida. Mas estarei sempre disponível para trabalhar, de coração e voluntariamente, pelo algodão", disse.

Para o presidente da Abrapa, Sérgio De Marco é personagem protagonista na moderna cotonicultura brasileira. "Ele imprimiu sua marca na história como cotonicultor pioneiro, como líder classista e, agora, recentemente, como um servidor público que soube usar seu conhecimento de empresário para contribuir para a desburocratização do setor. Sempre lhe seremos gratos", concluiu Moura. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrapa

Foto: Carlos Rudiney Mattoso

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482