Melhoramento do algodoeiro para as condições de cerrado e agricultura familiar

Agricultura Familiar

 

Prazo: 23/11/2004 a 30/09/2005
Situação do projeto: Inativo
Realizador: Fundação Centro Oeste
Parceiros: Facual
 
Descrição: Mato Grosso é o primeiro produtor nacional de algodão, em área cultivada (312,8 mil hectares), produção de pluma (388,4 mil t) o que corresponde a 50,8% da produção nacional. O sistema de produção do algodoeiro, predominantemente na região do cerrado deste estado caracteriza-se pelo uso intensivo de insumos e defensivos, e pela alta utilização de máquinas. Apesar da aptidão e do desempenho, dois entraves comprometem a manutenção e a ampliação da atividade algodoeira no Estado. São estes: o elevado custo de produção (US$1.100,00/ha) e a predominância da cultivar CNPA ITA 90 que, apesar de altamente produtiva, é susceptível a viroses e doenças foliares que ocorrem normalmente na região. Assim, o objetivo deste projeto é dar continuidade ao programa de melhoramento do algodoeiro, iniciado em 1989 pela Embrapa, com o objetivo de desenvolvimento, adaptação e avaliação de cultivares de algodoeiro à exploração no cerrado e na agricultura familiar, que sejam produtivas, adaptadas às condições edafoclimáticas do Estado de Mato Grosso e que apresentem elevado grau de resistência às viroses e a outras doenças foliares de maior importância regional. Para isto, será conduzido um programa completo de melhoramento do algodoeiro, envolvendo: implantação de Banco Ativo de Germoplasma, produção de população segregantes, seleção de genitores, progênies e linhagens, avaliação de linhagens avançadas e de cultivares obtidas a nível estadual, regional ou nacional, nas principais regiões produtoras do Estado, além da condução de parcelões demonstrativos, onde serão avaliados comportamentos das cultivares, em escala comercial em dois níveis tecnológicos de manejo (médio e alto), em termos de utilização intensiva de insumos. Simultaneamente, serão multiplicadas sementes genéticas e fornecimento aos produtores de semente do estado, visando fornecimento aos produtores familiares e empresariais do Mato Grosso, das melhores cultivares obtidas a cada ano.
 
Atividades desenvolvidas: Obtenção e avaliação de híbridos, progênies e linhagens de algodoeiro de fibras brancas e coloridas; Identificação de uma cultivar adaptada para o cerrado do Estado de Mato Grosso com potencial para uso comercial, no prazo de um ano; Identificação de uma cultivar adaptada para as condições de agricultura familiar do Estado no período de um ano; Produção de sementes genéticas das linhagens com potencial para uso comercial do Estado.

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482