Manejo Alternativo Agroecológico para Cotonicultura Familiar 2002

Agricultura Familiar

 

Prazo: setembro de 2002
Situação do projeto: Inativo
Realizador: Fetagri
Parceiros: UNIVAG, Facual.
 
Descrição: A agricultura familiar foi a responsável pelas primeiras produções de algodão no Estado de Mato Grosso, hoje o Estado é o maior produtor brasileiro de algodão com 370 mil hectares e produtividade de até 3.375 kg/há., sendo que a maior parte da cultura se maneja na forma convencional em grande escala, empregando tecnologia de ponta no Estado. Neste sistema têm se implantado práticas de conservação e manejo de solos para diminuir a degradação química e física com alguns resultados promissórios. Porém, devido à falta de acesso de informações e recursos, o pequeno agricultor na maioria das vezes, não consegue manejar a cultura de forma sustentável que é a alternativa atual para conservação dos recursos naturais que também fornece um mercado de produtos agrícolas diferenciados. Através deste enfoque o agricultor pode manter a qualidade produtiva para um mercado especifico e aproveitar eficientemente a área de lavoura para assegurar seu sustento. O manejo sustentável tem uma forte base na adubação orgânica, no caso adubação verde, controle preventivo fitosanitário com defensivos alternativos, e arranjo de cultivo do algodoeiro que são temas de estudo no projeto de pesquisa. A pesquisa avaliará os efeitos destes componentes do manejo da cultura na ciclagem de nutrientes, variações de armazenamento de água no solo, produtividade, controle preventivo das pragas e doenças, mudanças na biomassa microbiana do solo e na matéria orgânica.
 
Descrição: Avaliação de práticas de manejo agroecológico de consórcio e rotação, utilização de adubação verde e controle fitosanitário alternativo na cultura do algodão para agricultura familiar na região de Cáceres, Várzea Grande e São Vicente da Serra, MT.
 
Equipe: Alessandro Ferronato – Engenheiro Agrônomo; Edgar Alfredo Tzi Tziboy – engenheiro agrônomo e Fabiano Rodrigues da Matta. 
 
Atividades desenvolvidas: Revisão de literatura; Caracterização física e química do solo; correção do solo; preparo do solo; Implantação do subprojeto 1 2 e 3; Práticas culturais; Determinação da massa microbiana; Determinação da água no solo; Monitoramento e tratamento das doenças; Avaliação da produtividade dos arranjos; Determinação da curva de retenção de água no solo; Biometria das plantas; Tabulação dos dados; Análise dos dados.

Copyright © IMA - Instituto Mato-Grossense do Algodão.
Rua Eng Edgard Prado Arze, 1777 Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015
(65) 3321-6455/6482